Bem-vindo/a!

Neste espaço encontra terapias e actividades específicas para crianças e para adultos, para que cada um aprenda a conhecer melhor o seu organismo, a ser mais feliz e a resgatar o melhor de Si!

O nosso palco físico é em Portimão - Algarve, mas estamos disponíveis para deslocações nacionais e internacionais. Temos também ao seu dispor terapias energéticas que podem ser realizadas à distância, no conforto do seu lar.

Queremos que nos recorde como aquele momento especial em que (re)encontrou o sorriso, a sua Missão de Vida ou a Expansão de Consciência que você tanto almeja!

terça-feira, 20 de abril de 2010

Uma Pedra Preciosa

Era uma vez...
um senhor que parou na montra de uma joalharia a observar as jóias.
Viu diamantes, esmeraldas, rubis e tantas outras pedras lindas e brilhantes.

Porém, no meio daquelas pedras de rara beleza e alto valor, estava também uma pedra opaca que lhe chamou a atenção exactamente por ser diferente. Ficou curioso, entrou e perguntou ao joalheiro o porquê daquela pedra sem brilho estar exposta junto às outras.

O joalheiro, sem emitir um vocábulo, foi buscar a pedra e apertou-a na sua mão durante uns minutos.  Ao abrir a mão, a pedra estava a brilhar intensamente, revelando uma beleza singular e encantadora.

Aquela pedra era uma opala, que só brilha quando é tocada, quando é cercada de calor e de contacto.

Assim somos nós: às vezes, por vivermos isolados uns dos outros, não chegamos a conhecer a beleza nem o valor de quem nos rodeia. Mas quando nos aproximamos e tocamos com um gesto de amor, as pessoas podem revelar-se verdadeiras jóias preciosas!!!

Lembrem-se, só existem 2 tipos de pessoas: as que estão a dar amor e as que estão a pedir amor.

Qual delas você foi hoje? Qual delas quer ser amanhã?

4 comentários:

Jorge Gonçalves disse...

Fez-me conciencializar da existencia desses dois tipos d pessoas. Obrigado, Andreia!

Andreia Lourenço disse...

Bem-vindo a este espaço de amor e alegria, Jorge!

(sendo q a felicidade só acontece quando aceitamos todos os lados da moeda... a nossa sombra e a nossa luz... as nossas joias e as nossas cascas sujas... pois completos somos felizes! Aceitamo-nos como somos, e consequentemente, tb aos outros!)

Um abraço!

redonda disse...

Muito bonita a história.

Lopes disse...

Adoro ler o que escreve no seu blogue.
Obrigada pela divulgação destas lições de vida.